SOBRE

Procedimento que objetiva a redução do volume da mama masculina, causada por acúmulo de gordura localizada e/ou aumento do tecido glandular, devido a fatores como alteração hormonal, uso de medicamentos, aumento de peso, entre outros. A cirurgia é feita através de incisão na borda inferior da aréola, associada a lipoaspiração e dependendo do caso, a retirada de excesso de pele.

INDICAÇÕES

- Aumento do volume das mamas

- Gordura localizada nas mamas

- Aumento da projeção dos mamilos

- Boa saúde

- Não-fumante

 

ANTES DA CIRURGIA

É necessário fazer exames de sangue, urina, risco cirúrgico, raio x de tórax e eletrocardiograma para checar se está em boa saúde. Deixar a médica ciente de todas os medicamentos que usa, é extremamente importante pois alguns devem ser interrompidos alguns dias antes da cirurgia. Fumantes devem interromper o fumo com, pelo menos 30 dias de antecedência à cirurgia.

NO DIA DA CIRURGIA

Como sabemos que há bastante ansiedade no dia, você receberá a visita de um anestesista para conversar e eliminar algumas dúvidas restantes, tranquilizá-la e fazer apontamentos importantes. Após a visita, daremos início com a medicação pré-anestésica para darmos início à sua tão sonhada cirurgia plástica!

DEPOIS DA CIRURGIA

Já no quarto, você estará fazendo uso de medicamentos para aliviar dores e com os devidos curativos. É importante deitar-se com a barriga para cima, em repouso. No dia seguinte, você receberá alta e poderá ir para casa. Mas lembre-se! É importante manter-se em repouso e seguir as orientações da cirurgiã e voltar ao consultório para as inspeções agendadas.

GINECOMASTIA

(Plástica mamária masculina)